Short stay vira a menina dos olhos do imobiliário

Start

Originalmente publicado na Imobi Report

Investir em short stay (estadias de curta duração) está em alta e está caindo no gosto do consumidor que procura uma hospedagem completa, segura e sem burocracias. Startups como o Charlie deixam claro o sucesso do modelo de negócio no Brasil. O Charlie, que esse ano completa 3 anos de operação, possui mais de 2600 unidades imobiliárias em seu portfólio, tem planos de chegar à marca de 3000 até o final de 2023.  

Confira conteúdo na íntegra clicando aqui. 

Contato para Imprensa: Kima Comunicação (11) 98424-1893